terça-feira, 14 de dezembro de 2010

Nássara 100 anos - o evento

Logo na entrada, os convidados que lá estiveram, receberam um lindo calendário com a coletânea de obras do artista plástico Jorge de Salles e outros artistas que homenagearam grandes ícones como Millôr, Ary Barroso, Manuel Bandeira, São Francisco de Assis, D. Quixote, entre outros. O projeto de Zé Roberto Graúna, com a realização do Centro Cultural Justiça Federal (CCJF) e Atelier Carioca de Humor; com o apoio da Faculdade Veiga de Almeida e Lithos e curadoria de Jorge de Salles (in memorian), foi inaugurado neste dia 14 de dezembro de 2010, na galeria do 1º andar do CCJF, a comemoração com exposição de desenhos e esculturas do centenário do caricaturista e compositor NÁSSARA.Com um discurso emocionante, Zé Graúna falou de suas lutas e dificuldades para a realização desta exposição, já que seu amigo Jorge de Salles morreu no dia 1º de novembro deste ano, antes da inauguração. Abaixo o texto escrito por ele, mostrando a origem desta mostra, que é "uma oportunidade rara para conhecer o talento de dois brasileiros que ajudaram a construir a História da Caricatura Brasileira..." Logo em seguida, ele passou o microfone para Marcos Salles que leu um texto redigido por Millôr Fernandes feito para o dia da missa de 7º dia do seu pai, no qual mostrava exatamente o que representou Jorge de Salles para as artes do Rio de Janeiro.
Marcos, ao lado da foto do pai com o Nássara.

Segundo Zé graúna, daria para se fazer "um Festival Nássara" de tantos desenhos, mas devido ao espaço aconchegantemente pequeno, foram selecionados os melhores do artista.
Estiveram presente, muitos artistas, intelectuais, professores, universitários, historiadores, pesquisadores e amantes das artes...

Zé Graúna ficou um pouco triste pela falta de alguns cartunistas, devido a chuva, mas os que conseguiram chegar foram muito bem recepcionados. Como foi o caso do Gecelmo (designer gráfico do Jornal O Dia), o quadrinhista da Sindipetro Mega (e autor das histórias do personagem "Pão com Ovo"),...
...Ykenga, André Brown,...entre outros como Guidacci, Diego Novaes, Lúcio Murucci, o ceramista Zé Andrade...
Além de políticos e celebridades, o homenageado Nássara caricaturou muitos amigos, tais como: Jaguar,...
... o amigo Jorge de Salles, Martinho da Vila, Pixinguinha, entre outros.
Houve também o inverso, ou seja, amigos também caricaturaram o Nássara, tais como Mendez (foto), Mariano, Loredano, Adail...
Zé Graúna também levou o seu acervo de músicas do homenageado, cd's, partituras de marchinhas de carnaval ("Allah-lá-ô de 1941"), revistas, livros, fotos raras em que você pode ver Nássara na mesma mesa que Lamartine Babo, Noel Rosa...

Nássara nasceu em 1910 e morreu em 1996, mas sua obra ainda perpetua. E se você quiser saber mais informações sobre o saudoso artista, visite o site do Mariano (do charge online) e veja o interessante "álbum virtual comemorativo do centenário de Nássara":
http://www.acharge.com.br/nassara-100/nassara-100.php

Ainda há tempo de você conferir o acervo que ficará em exposição até 06 de fevereiro de 2011, (sendo que no dia 15 de janeiro, às 14h haverá "visita orientada")।

video

Nenhum comentário:

Postar um comentário